Mia Khalifa se prontifica a “ajudar” CPI da Covid

20 jul 2021 - Variedades

A ex-atriz pornô libanesa-americana Mia Khalifa se dispôs a “ajudar” as investigações da CPI da Covid no Brasil, atendendo a um “pedido” do senador Randolfe Rodrigues.

Quando viu seu nome virar tendência no Twitter por causa dos brasileiros, a atriz resolveu entrar na brincadeira e se divertiu com sua citação na CPI brasileira. Ela compartilhou uma montagem, como se estivesse depondo aos parlamentares, e passou a se identificar nas redes sociais como “líder da resposta do Brasil à covid”.

Nesta segunda, ela voltou aos tópicos com outra brincadeira de Randolfe. O motivo foi a revelação no fim de semana de que o ex-Ministro da Saúde Eduardo Pazuello tentou negociar Coronavac com representantes de uma empresa sem autorização para negociar vacinas, mas que fazia importação de produtos eróticos.

“Em vez de negociar com o Butantan, Pazuello foi negociar a Coronavac com uma empresa de importação de produtos eróticos… Corre aqui, Mia Khalifa. Acho que estavam te usando de cortina de fumaça”, ironizou Randolfe no Twitter.

Mia respondeu prontamente, dizendo que estava praticamente de malas prontas. “Vocês estão em crise. Estou a caminho!”.

O Twitter teve um orgasmo com a resposta.

Detalhe: ela pode mesmo ajudar, pois tem experiência paralegal e em contabilidade, atividades que começou a exercer após seus três meses (que parecem uma década) de trabalho na indústria pornô. Ela também é comentarista esportiva e digital influencer.

Terra / Foto: Reprodução / Pipoca Moderna